Pregos


Originado na Mesopotâmia há mais de 5 mil anos, o popular prego caracteriza-se por ser uma haste de metal que tem uma ponta afiada e a outra achatada.

Ao longo do tempo, os tipos de pregos foram aprimorando-se e hoje existem inúmeros tipos desse material que serve para unir duas partes. Não é possível imaginar uma construção em madeira sem a utilização de vários pregos.

Eles variam no tamanho e na forma. Não há dúvidas de que pregar é a maneira mais fácil de fixar e juntar madeiras, porém é necessário prestar atenção em alguns detalhes.

O prego adequado oferece uma fixação correta entre as peças e não deixa a madeira rachar.

Veja abaixo os principais tipos de pregos indicados para cada tipo de material.

Prego com Cabeça

Aplicações: Construção de casas; confecção de estruturas; construções pesadas; marcenaria; caixotaria e domésticas.

Benefícios: Maior rendimento por Kg .

Prego Sem Cabeça

Aplicações: Marcenaria; móveis; assoalhos; rodapés; guarnições; portas e janelas.

Benefícios: Não mancha a madeira; não suja as mãos; ponta perfeita e comprimento preciso.

Prego Cabeça Dupla

Aplicações: Fechamento de fôrmas; fixação dos aprumadores; escoramento de lajes; estruturas de bandejas e estruturas temporárias.

Benefícios: Não danifica a madeira; fácil arranque; desforma rápida e elimina etapas no fechamento das fôrmas.

Prego Galvanizado

Aplicações: Móveis especiais; bricolagem; adornos; molduras e fixação externa em construção civil.

Benefícios: Resistência à corrosão; estética; maior durabilidade e maior segurança na fixação.

Prego Telheiro

Aplicações: Telhas de fibrocimento; aço; alumínio; folha de zinco com espessura até 5 mm e pequenas ondas até 39 mm sobre estrutura de madeira.

Benefícios: Mais pregos por quilo – a melhor relação custo x benefício do mercado. Cabeça soldada – evita vazamento; 100% galvanizado – protege contra a corrosão; borracha flexível – não resseca com a ação do tempo; prego esperalado – segura sua telha como nenhum outro.

Prego para Taco

Aplicações: Fixação de tacos (assoalho) e fixação de batentes.

Benefícios: O formato da cabeça permite maior fixação do prego ao assoalho.

Prego Anelado

Aplicações: Madeiras de menor densidade (macias); caixotaria em geral; pallets; embalagens e móveis.

Benefícios: Excepcional resistência ao arrancamento; melhor adaptação à fibra de madeira e permite utilizar menor número de pregos.

Prego Ardox

Aplicações: Madeiras de maior densidade (duras); pallets; embalagens e suportes de madeiras.

Benefícios: Melhor conexão da madeira; fácil penetração; resistência ao arrancamento; melhor relação custo x benefício e excelente poder de perfuração.

Prego Quadrado

Aplicações: Casco de embarcações; acabamento interno de embarcações; mata-burros e decks de piscinas.

Benefícios: Formato quadrado – não permite que a madeira “trabalhe” e se solte; galvanizado a fogo – maior proteção contra corrosão.

Dimensões

As medidas mais comuns para pregos são dadas em JP x LPP, ou seja, Jauge de Paris x Linhas de Polegadas Portuguesa. Uma unidade de LPP equivale a 2,30 mm. Por isso, basta multiplicar o valor por 2,30 para obter o tamanho em milímetros. Para o JP, existe uma equivalência com a escala dos milímetros.

Num prego 18 x 27 o primeiro valor refere-se ao diâmetro, em JP, com valor em mm expresso na tabela acima. A altura é representada pelo segundo valor multiplicado por 2,30. 27 x 2,30 = 62,10 mm O prego tem 3,4 mm de diâmetro x 62,10 mm de comprimento.

Abaixo tabela com as bitolas de prego, conversão em milímetros e quantidade de prego por kg por bitola.

#pregos #pregocomcabeça #preçosemcabeça #pregocomcabeçadupla #pregoanelado #pregotelheiro #pregoquadrado #pregoardox #dimensõesdospregos #LPP #JauguedeParis #tabeladepregos #pregoskg

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 - 2019 por Fecci Engenharia.

Orgulhosamente criado com Wix.com