Você sabe como o Vidro é produzido? Conhece seus tipos?

História

O vidro é uma das descobertas mais surpreendentes do homem e sua história é cheia de mistérios. Embora os historiadores não disponham de dados precisos sobre sua origem, foram descobertos objetos de vidro nas necrópoles egípcias, por isso, imagina-se que o vidro já era conhecido há pelo menos 4.000 anos antes da Era Cristã, e que fora descoberto de forma casual.

Alguns autores apontam os navegadores fenícios como os precursores da indústria do vidro. Ancorados em uma praia da costa da Síria, os Fenícios improvisaram uma fogueira utilizando blocos de salitre e soda e, algum tempo depois, notaram que do fogo escorria uma substância brilhante que se solidificava imediatamente. Ali nascia o vidro.

Curiosidades

Você sabia?

1) Com 1kg de caco pode-se fazer 1kg de vidro novo 2) O mesmo vidro pode ser reaproveitado quantas vezes precisar 3) Um vidro jogado na natureza leva 4 mil anos para desaparecer 4) O Brasil alcançou um índice de 45% no reaproveitamento de embalagens em relação à produção total no país que é de 1.280 toneladas/ano, segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Vidro (Abividro).

Vidro Float

Constitui a matéria-prima para processamento de todos os demais vidros planos, sendo aplicado em diferentes segmentos;

É o vidro ideal para aplicações que exijam perfeita visibilidade, pois não apresenta distorção óptica, e possui alta transmissão de luz.

Fabricação do vidro Float

O processo do vidro Float foi desenvolvido pela Pilkington em 1952 e é padrão mundial para a fabricação de vidro plano de alta qualidade.

O processo, que originalmente produzia somente vidros com espessura de 6 mm, produz atualmente vidros que variam entre 1,8 e 19 mm.

As matérias primas do vidro são o dióxido de silício, (SiO2), carbonato de sódio (Na2CO3) e carbonato de cálcio (CaCO3).

Elas são misturadas com precisão e fundidas no forno.

A sucata de vidro, limpa e selecionada, é usada para auxiliar a fusão.

O vidro fundido, a aproximadamente 1600 º C, é continuamente derramado num tanque de estanho liquefeito, quimicamente controlado. Ele flutua no estanho, espalhando-se uniformemente. A espessura é controlada pela velocidade da chapa de vidro que se solidifica à medida que continua avançando.

A razão para se utilizar o ESTANHO para que o a massa de vidro flutue é de que ele se derrete a baixa temperatura e possui um ponto de ebulição muito alto. Devido ao fato do vidro e do estanho terem densidades diferentes, ambos também podem compartilhar o mesmo espaço sem se misturarem.

Em seguida, a folha de vidro entra na galeria de recozimento, onde será resfriada controladamente até aproximadamente 120 º C e, então, preparada para o corte.

Antes de ser recortada, a folha de vidro é inspecionada por um equipamento chamado "scanner", que utiliza um feixe de raio laser para identificar eventuais falhas no produto. Caso haja algum defeito decorrente da produção do vidro, ele será automaticamente refugado e posteriormente reciclado.

Recorte, empilhamento e armazenagem

O recorte é realizado em processo automático e em dimensões pré-programadas. As chapas de vidro são empilhadas automaticamente e pacotes prontos para serem expedidos e armazenados.

O float pode ser incolor, verde, fumê e bronze. Para obter vidros comuns coloridos, é preciso juntar corante no processo de fabricação. No Brasil, é produzido em diversos tamanhos e com espessuras que variam de 2 a 19 mm.

O vidro float é muito requisitado no mercado. A transparência, durabilidade, boa resistência química, facilidade de manuseio e baixo custo atraem os consumidores.

Principais Tipos de VIdros

Vidros de Segurança

É produzido a partir do vidro float, objetivando minimizar riscos em caso de acidentes e quebra acidental. Os vidros de segurança são definidos pela ABNT como sendo "aqueles que, quando fraturados, produzem fragmentos menos suscetíveis de causar ferimentos graves". Podem ser: temperado e laminado.

Vidro temperado

O vidro temperado é um vidro float que recebe um tratamento térmico, onde é aquecido até cerca de 650 º C e resfriado rapidamente, o que faz com que suas moléculas se contraiam, o que o torna mais rígido e mais resistente à quebra (cerca de 5x mais resistente que o vidro float comum). Em caso de quebra produz pontas e bordas menos cortantes, fragmentando-se em pequenos pedaços arredondados.

Vidro laminado

Você já ouvir falar dos vidros que não estilhaçam quando quebrados? Essa é uma das vantagens dos vidros laminados. É um vidro de segurança composto por duas chapas de vidro plano float intercaladas por uma película plástica de grande resistência. Principais benefícios: - Segurança: em caso de acidentes, os fragmentos de vidro ficam presos na película, evitando ferimentos e mantendo a área fechada até que a substituição do vidro seja realizada. - Conforto acústico: reduz a entrada de ruídos externos. - Proteção contra os raios UV (Ultravioleta): barra 99,6% dos raios solares UV (Ultravioleta), por isso protege as pessoas dos danos causados por esse tipo de raio, evita o desbotamento e envelhecimento dos móveis, cortinas, tapetes e outros objetos. Aplicação: coberturas, fachadas, sacadas, guarda-corpos, portas, janelas, divisórias, vitrines e pisos.

Vidro Acústico

Você já imaginou estar em uma avenida com muito barulho e ao fechar a janela não escutar mais nenhum ruído? Isso é possível com os vidros acústicos, que impedem que os ruídos passem de um ambiente para outro. Esse conforto sonoro pode ser obtido através de duas soluções: vidro laminado acústico e o vidro duplo (ou insulado).

Vidro laminado acústico É um vidro laminado com um PVB especial (acústico) e por isso funciona como um excelente isolante acústico. É um produto inovador que garante uma poderosa proteção contra ruídos.

Vidro duplo ou insulado É o conjunto de dois vidros separados por uma camada de ar ou gás, conferindo redução na propagação de som, na entrada de calor e uma infinidade de combinações decorativas. Largamente utilizado na construção civil dos países europeus, o vidro duplo está presente no nosso dia a dia, como por exemplo, na porta dos freezers e refrigeradores (com a função de isolação térmica). O duplo envidraçamento pode ser composto por qualquer tipo de vidro, melhorando a performance térmica e acústica. Além disso, pode ser equipado com persianas internas, que dão ao conjunto um efeito estético diferenciado.

Vidro Acidado

São vidros tratados com ácido e com aparência esbranquiçada. Oferece diversas opções estéticas para arquitetos e decoradores, pois combinam a leveza do vidro com a sutileza da translucidez, dando um toque de nobreza ao design de móveis e à decoração dos mais diversos ambientes.

Vidro Jateado

É um vidro trabalhado com jatos de grãos de areia, que agridem mecanicamente o vidro, transformando-o em translúcido e levemente áspero. O processo também pode ser feito com abrasivos não tóxicos. Usado em móveis e decoração.

O segundo mais comum na decoração, só perde para o incolor. Aparência translúcida. Muito usado em portas de correr e divisórias por permitir a passagem de luz.

Vidro Mini Boreal

Muito conhecido no Brasil, este vidro apresenta uma textura suave, feita com micro quadrados e gravação regular. Com luminosidade e translucidez uniformes, o Mini Boreal é especificado com freqüência em diferentes projetos acrescentando beleza e conforto aos ambientes.

Vidro Serigrafado

Produzido através da aplicação de tinta vitrificada com tratamento térmico. Aparência opaca e leitosa. Muito utilizado em portas de correr, divisórias e revestimentos.

Ótimos vídeos:

Produção do vidro float: http://www.youtube.com/watch?v=KiSYdFXPJgc

Produção do vidro temperado: http://www.youtube.com/watch?v=K5pBGobuWtY

#vidro #vidrofloat #fabricaçãodovidro #vidrodesegurança #vidrotemperado #vidrolaminado #vidroacidado #vidroserigrafado #vidrominiboreal #vidrojateado #curiosidadessobreovidro #banhodeestanho

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 - 2019 por Fecci Engenharia.

Orgulhosamente criado com Wix.com