© 2017 - 2019 por Fecci Engenharia.

Orgulhosamente criado com Wix.com

June 25, 2018

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Os famosos prédios "tortos" de Santos

February 24, 2018

 

Edifícios construídos entre os anos 50 e 60 passaram a afundar na orla de Santos a partir dos anos 1970.

Ao todo, 65 prédios ficaram com suas estruturas comprometidas, por causa de fundações rasas.

Elas foram fincadas a menos de dez metros, para sustentar os empreendimentos em um terreno instável, onde os fragmentos mais sólidos de rocha estão a mais de 50 metros de profundidade.

Resultado: com o passar do tempo, foram geradas inclinações de 50 cm a 1,80 m entre a base e o topo. Somente em 2004, com a participação do poder público, e com estudos técnicos de universidades como USP e Unisanta, pensou-se em soluções para os prédios, que continuaram habitados.

Os estudos levaram 8 anos, e em 2012 se deu um longo trabalho de recuperação que terminou em 2014.

A solução para realinhar os edifícios foi usar macacos hidráulicos.

No caso do conjunto Núncio Malzoni, por exemplo, cada prédio pesava em torno de 6.500 toneladas.

Foram necessários catorze equipamentos hidráulicos para levantar as estruturas. A cada dia, elas subiam cinco milímetros. Os vãos eram preenchidos com chapas de aço, que serviram de suporte quando se alcançava o prumo e os macacos eram retirados. Em seguida, foram construídas estrutura de concreto que ligaram as vigas antigas às novas estacas – essas, apoiadas em uma camada de solo rochoso a 55 metros de profundidade.

A recuperação de cada prédio teve o custo de R$ 1,5 milhão. Antes de serem re aprumados, os edifícios se tornaram “atração turística” na orla de Santos. Alguns moradores pensaram em colocar à venda seus imóveis, mas eles chegaram a desvalorizar até 75%, o que inviabilizou a possibilidade de venda.

 

Abaixo interessante matéria do Jornal Nacional de 27/01/2011, quando os primeiros edifícios começavam a ser re aprumados.

 

https://www.youtube.com/watch?v=damUucIQpC4

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga